Gabinete de Intervenção Pedagógica

O que é?

O GIP, teve o seu início no ano letivo 2012/2013 e é um projeto que funciona, em articulação com os órgãos pedagógicos e de gestão da escola, Gabinete de Psicologia e Serviço Social e Ensino Especial, como um serviço de apoio, com o principal objetivo de orientar as crianças / jovens na procura da resolução dos seus problemas quotidianos e estabelecer estratégias de intervenção de combate à exclusão social dos alunos e consequentemente diminuir as situações de indisciplina na escola contribuindo desta forma para o cumprimento dos objetivos do PEE.
Surgiu como mais uma forma de ajudar a combater a indisciplina dentro e fora da sala de aula, procurando incutir nos alunos regras básicas de civismo, de saber ser e estar, de aprender a relacionar-se com todos, isto incluí professores, funcionários e colegas.
Os alunos, dentro da sala de aula têm o dever de respeito para com o professor, seguindo sempre as suas orientações. Caso isso não aconteça serão devidamente punidos, podendo ser expulsos da sala de aula e encaminhados para o GIP.
Nos recreios, bar, cantina, corredores existem regras que são necessárias cumprir e para o efeito estão funcionárias e equipas de professores que supervisionarão estes espaços. Caso não cumpram essas regras, serão sujeitos a sanções, através de participação e encaminhamento para o GIP.
Resumindo, sempre que os alunos não cumpram os deveres como alunos, estipulados no regulamento interno da escola e no estatuto do aluno, podem ser encaminhados para o GIP. Neste gabinete, estará uma equipa de professores, que receberá qualquer aluno, que não cumpra as regras. Podem ser enviados quer por professores quer por funcionários.
Os DT, são imediatamente informados da ocorrência, e de todas as atitudes e comportamentos dos alunos, para posteriormente informar os EE.

Objetivos:

•Reduzir o número de processos disciplinares;
•Controlar a indisciplina;
•Permitir a aquisição de competências sociais;
•Cumprir e fazer cumprir o Regulamento Interno da escola.
•Favorecer a interação do aluno na turma e na escola;
•Ajudar o aluno a refletir sobre o seu comportamento, orientá-lo na tomada de uma nova atitude e na assunção do Saber Ser e Saber Estar.
•Resolver as situações de conflito de forma sustentável e duradoura.
•Prevenir os conflitos e a violência.
•Melhorar a integração dos alunos no contexto escolar.
•Diagnosticar situações de violência escolar e apoiar as pessoas envolvidas através do diálogo.
•Reduzir os efeitos dos conflitos e da violência no que se refere ao abandono escolar e ao insucesso escolar.
•Monitorizar o fenómeno da indisciplina.
•Contribuir para a melhoria do clima de aprendizagem na sala de aula.
•Elaborar Processos de Averiguação/ Relatórios.
•Promover a vida em sociedade, em democracia e com responsabilidade.

WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: