Suporte Básico de Vida

Na semana de 23 a 27 de maio decorreu na Biblioteca/Sala de Sessões uma ação de sensibilização sobre o Suporte Básico de Vida. Está ação foi destinada aos alunos das turmas 1, 2, 3, 4, 5, 10 e 11 do 9º ano e contou com a colaboração dos Bombeiros Sapadores de Santa Cruz, Sr. António João e Sr. Hugo Ferreira.

O suporte básico de vida é um conjunto de procedimentos cujo objetivo é manter alguma ventilação respiratória e alguma circulação sanguínea no corpo de uma pessoa que tenha sofrido uma paragem cardiorrespiratória (interrupção súbita e inesperada dos batimentos cardíacos), sem a utilização de qualquer equipamento. Estes procedimentos permitem ganhar tempo para se poder fazer a desfibrilhação (restabelecimento dos batimentos cardíacos normais através de um choque elétrico) ou até à chegada de técnicos de saúde.

Uma paragem cardiorrespiratória é um acontecimento muito grave que pode comprometer a sobrevivência de um indivíduo em poucos minutos. Pode ter várias causas: Obstrução das vias respiratórias por um corpo estranho, afogamento, eletrocussão, traumatismo craniano, doença cardíaca, entre outras.

Dez a quinze segundos após uma paragem cardiorrespiratória, uma pessoa perde a consciência devido à falta de irrigação sanguínea no cérebro. Se a circulação sanguínea não for reposta em cerca de 3 minutos, o cérebro pode sofrer lesões irreversíveis. Após 10 minutos sem irrigação dos órgãos, as hipóteses de reanimação são próximas de zero, podendo ocorrer a morte.

Atendendo a que o suporte básico de vida faz parte do programa da disciplina de Ciências Naturais do 9º ano, cujo conhecimento constitui uma mais-valia para que a vida de uma pessoa possa ser salva, foi uma forma diferente de aprender, por parte dos alunos, com a colaboração dos Bombeiros Sapadores de Santa Cruz.

As professoras de Ciências Naturais,

Paula Cruz e Odília Garcês

Os comentários estão fechados.

WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: